Análise comparativa de livros didáticos

Busca-se semelhanças e diferenças entre abordagens do mesmo tema em diferentes livros didáticos.

Exemplo deste tipo de pesquisa em livros didáticos de matemática:

O presente estudo, primeiramente, investiga as semelhanças e diferenças dos livros didáticos de matemática do início do ensino secundário nos três países. O objetivo é entender a diversidade de maneiras com que tópicos comumente ensinados no secundário são conduzidos nos livros didáticos, de modo a ampliar nosso entendimento de como a matemática é percebida nos diferentes contextos, e das ‘intenções’ pedagógicas dos livros didáticos. (p. 166, livre tradução).

A análise tem como base as metodologias indicadas em:

Neste livro, o autor introduz uma metodologia de pesquisa etnográfica no universo da educação. Fala sobre entrevista, coleta e análise de documentos. Valoriza a pesquisa prática, pesquisa realizada por professores e para professores em atuação na sala de aula.

Neste livro, o autor relaciona teoria e prática na pesquisa de campo na sociologia, apresenta metodologias e exemplos na área da educação.

A maior análise comparativa de livros didáticos de matemática de que se tem conhecimento foi realizado no Third International Mathematics and Science Studies (TIMSS), na década de 90 ([1] pag. 639). Foram comparados livros de aproximadamente 40 países com foco em 5 grandes áreas:
(a) a natureza das situações pedagógicas disponíveis no livro didático;
(b) a natureza de questões de conteúdo como número de tópicos, o grau de abstração e a complexidade dos tópicos;
© a sequência dos tópicos;
(d) as características físicas do livro didático, por exemplo, tamanho e extensão; e
(e) a complexidade do comportamento esperado dos estudantes pelo livro didático.
([2] pag. 14).

[1] Fan, Lianghuo, Yan Zhu, and Zhenzhen Miao.Textbook research in mathematics education: development status and directions." ZDM 45.5 (2013): 633-646.

[2] Valverde, G. A., Bianchi, L. J., Wolfe, R. G., Schmidt, W. H. Houang, R. T. (2002). According to the book: Using TIMSS to investigate the translation of policy into practice through the world of textbooks. Dordrecht, Netherlands: Kluwer.